TCP Cloud atualiza sua plataforma de serviços gerenciados com a Juniper Networks

Publicado em Data Center, Palavra do Cliente, por Juniper em 16/11/2016


Recentemente adquirida pela Mirantis, parceira da Juniper Networks, a TCP Cloud é uma empresa da República Checa especializada em prover serviços gerenciados aos clientes que constroem suas nuvens privadas com base em tecnologias abertas, como OpenStack, OpenContrail e Kubernetes, entre outros. A TCP Cloud tem sido uma ativa participante da comunidade de usuários do OpenContrail, uma tecnologia Juniper que funciona como uma solução de overlay SDN, ou seja, implanta um conjunto de soluções sobre a infraestrutura existente no data center.

 

“Essa camada superior (overlay) precisa de uma sólida fundação”, explicou Jakub Pavlik, CTO da TCP Cloud, em recente entrevista a Jennifer Blatnik, vice-presidente de Marketing de Produtos da Juniper. Para Pavlik, a nuvem da TCP Cloud pode utilizar qualquer underlay que use protocolos maduros para complementar o OpenContrail, mas precisa da Série MX de roteadores Juniper como gateway SDN. “Esse é, de fato, o gateway padrão para o Contrail”, disse ele, acrescentando que os switches da Série QFX da Juniper cumprem a mesma função para o underlay.


Ainda que o OpenContrail possa integrar produtos de qualquer fornecedor, “os roteadores da Série MX da Juniper têm a tecnologia mais adequada para garantir escala, resiliência, homogeneidade e previsibilidade”, disse o CTO da TCP Cloud. “Com os roteadores da Juniper, a nuvem da TCP Cloud pode usar gateways de trajetórias para desempenhar funções como conectar uma VXLAN a uma EVPN para extensão de L2, L3VPN, suporte multivendor e redundância do gateway.” (VXLAN e EVPN são siglas em inglês para Virtual eXtended Local Area Network, ou rede local eXpandida virtualmente, e Ethernet Virtual Private Network, ou rede privada virtual por Ethernet.)


Ao prover infraestrutura como serviço, a nuvem da TCP Cloud melhora os níveis de abertura e de automação de um underlay Juniper (graças aos protocolos NETCONF/YANG) para automatizar todo o processo de transferência de dados do escritório do cliente para cargas de trabalho na nuvem. Aprimorando o OVSDB nos switches da Série QFX, a nuvem da TCP Cloud pode integrar soluções legadas dos clientes empresariais: faz a ponte entre servidores físicos bare-metal e máquinas virtuais na nuvem – e até mesmo estende esta conexão a containers. (OvSDB é a sigla de Open vSwitch Database, um protocolo de gerenciamento para ambiente SDN. Foi desenvolvido pela equipe da Nicira, empresa posteriormente comprada pela VMware. Inicialmente, fazia parte do Open vSwitch (OVS), um switch virtual com múltiplas funções projetado para hypervisors baseados em Linux.)


Como nem todos os sistemas legados podem ser virtualizados, é importante utilizar tecnologias que permitam a comunicação entre o “velho” e o novo. Em resumo, afirma Jakub, “o maior benefício de um underlay Juniper é o sistema operacional Junos, cuja desagregação do hardware nos permite dispor das funções mais novas em nossos dispositivos Juniper, mesmo que os tenhamos comprado há muitos anos.”


Para assistir a íntegra da entrevista de Jakub, acesse o vídeo:
 

 

 

 


Tags: Automação, Data Center, Mirantis, TCP Cloud, Serviços, Nuvem, OpenContrail, OpenStack, Junos, EVPN, VXLAN, OvSDB, Serviços Gerenciados na Nuvem, Serviços Gerenciados


Tags: automacao, data-center, mirantis, tcp-cloud, servicos, nuvem, opencontrail, openstack, junos, evpn, vxlan, ovsdb, servicos-gerenciados-na-nuvem, servi


Posts Relacionados


Deixe seu comentário:

=