SDSN é mais do que um conceito de segurança. É um ecossistema.

Publicado em Eventos, por Juniper em 30/05/2016


Como ter eficiência e agilidade para combater ataques sofisticados que chegam tanto da Internet como dos diversos dispositivos de funcionários que acessam as redes internas das empresas? A solução desta questão é a Software Defined Security Networks (SDSN), a nova visão da Juniper Networks para a evolução das redes de segurança.

Basicamente, o princípio da SDSN é oferecer um único ecossistema onde todos os componentes de uma rede funcionam de forma integrada e orquestrada para detectar e bloquear ataques. Assim, esse conceito vai muito além dos firewalls e outros equipamentos de segurança disponíveis no mercado que trabalham de forma independente.

“Com a SDSN a proteção passa a ser realizada por todos os elementos da rede. Isso reduz o tempo de resposta a ataques", diz Alexandre Cezar, especialista e consultor de segurança da Juniper Networks para a América Latina. Ele esclarece que é por meio da automação e de sistemas inteligentes centralizados que a SDSN identifica as ameaças e malwares. E ainda tem a capacidade de catalogá-los em sua base de dados que, inclusive, é desenvolvida e compartilhada na nuvem, possibilitando a participação de diversos colaboradores ao redor do mundo. Isso garante melhor informação em tempo real sobre qualquer tipo de ataque e vírus desenvolvidos no mundo.

Inicialmente, a SDSN é composta pelo SRX (gateways de segurança), Sky ATP (antimalware) e Spotlight Secure (plataforma inteligente de segurança). Todos esses elementos são integrados e gerenciados pelo Junos Space Security Director. “Como um conceito único no mercado, a SDSN também está preparada para agregar switches e roteadores como componentes de proteção e controle, trazendo ainda mais segurança”, completa Cezar.
 

Saiba mais sobre SDSN
Segurança para empresas de todos os tamanhos
SDSN: A visão da Juniper para a evolução de redes de segurança com automação e sistemas colaborativos


Esse novo modelo de segurança foi mostrado no 2º Congresso Latinoamericano de Cibersegurança 2016, realizado entre os dias 26 e 27 de maio, na cidade do México. O evento foi promovido pela Scitum, empresa de serviços de segurança do Grupo América Móvil (no Brasil, opera com as empresas Embratel, Claro e NET Serviços).

Alexandre Cezar foi um dos palestrantes no evento. Em sua apresentação sobre a SDSN mostrou ainda a necessidade de se pensar em segurança de uma nova maneira, além dos principais benefícios, vantagens e características técnicas da nova visão de redes seguras da Juniper Networks.

Saiba mais sobre SDSN assistindo o vídeo.

 

 

 


Tags: Segurança, Redes, SDSN, América Móvil, Scitum, Gateways SRX, Sky ATP, Spotlight Secure, Junos Space Security Director, Cibersegurança, Embratel, Claro, NET


Tags: seguranca, redes, sdsn, america-movil, scitum, gateways-srx, sky-atp, spotlight-secure, junos-space-security-director, ciberseguranca, embratel, claro


Posts Relacionados


Deixe seu comentário:

=