Por que 2016 promete ser um bom ano para a indústria de telecomunicações

Publicado em Artigos, por Juniper em 27/01/2016


Por Claus Troppmair

Na medida em que mais dados trafegam pelas redes das operadoras, para seu negócio ser sustentável e lucrativo, as prestadoras de serviços precisam reduzir seus custos e, ao mesmo tempo, lançar novos serviços com mais rapidez. Para que isso aconteça, o papel da indústria é fundamental e a Juniper Networks está alinhada com as necessidades do mercado. Enquanto 2014 foi um ano de reconstrução e realinhamento para a empresa, 2015 foi marcado pela execução e inovação. Para 2016, nossa expectativa é de grande aumento de vendas nas áreas de empresas e de provedores de serviços.

Alguns podem indagar por que estamos otimistas, diante de um cenário de crescimento do PIB pouco animador não só para o Brasil como para outros países da América Latina. É simples: já está comprovado que o aumento da adoção de serviços baseados em nuvem para a infraestrutura de computação, plataformas de software e aplicações de negócios estimula os provedores de serviços a procurar novas oportunidades de gerar receita.

As soluções Juniper Networks baseadas em nuvem capacitam as operadoras a lançar produtos mais rapidamente no mercado, tornando-as mais competitivas, com a automação de processos, implementação de aplicações, manutenção e capacidade de planejamento.

O mercado sabe que as aplicações SDN/NFV contribuem para quebrar a dependência do software em relação ao hardware, o que, consequentemente, resulta em melhor desempenho e escalabilidade a custos mais baixos. Os mesmos benefícios são proporcionados pelo software virtualizado que pode rodar independente do hardware onde foi instalado. Como uma empresa inovadora, a Juniper se antecipou e anunciou, no ano passado, uma nova orientação no seu modelo de negócios, de hardware para software.

Além disso, trabalhamos com o mesmo sistema operacional (Junos) em switching, roteadores, segurança. O fato de termos um único sistema operacional facilita a configuração e assegura os investimentos feitos pelos clientes. Entre as inovações anunciadas pela companhia em 2015 está a versão desagregada do Junos – na ocasião, lançamos também o switch QFX5200, o primeiro produto Juniper que incorpora o novo conceito de desagregação. Essas inovações permitirão aos clientes implementar serviços ou aplicações de rede de terceiros diretamente sobre plataformas Juniper.

Outro fator é que, no nosso mercado, a qualidade e a segurança são requisitos fundamentais para estabelecer um bom processo para todo o ciclo da rede, desde o planejamento até a implantação – o que a Juniper também oferece. E, quando falamos em roteadores e switches, dizemos que são partes essenciais para um bom funcionamento e alto desempenho da rede.  

Com as recentes inovações anunciadas pela Juniper Networks, a família de roteadores MX ganhou novas funções de automação, que vão beneficiar tanto as operadoras de telecomunicações como o segmento corporativo. Os roteadores da família MX são um sucesso de vendas reconhecido pelo mercado porque trazem tanto benefícios financeiros como operacionais, comprovados pelos clientes e destacados em uma análise da ACG Research, que compara o desempenho de uma rede com MX com outra que utiliza diferentes equipamentos. E são números impressionantes, como uma redução de TCO (custo total de propriedade) de mais de 49%, e ganhos de 69% em rapidez de implantação para lançar novos serviços, quando a rede usa roteadores da família MX.

Por essas razões, nossa expectativa é de um 2016 favorável para o setor de tecnologia, com crescimento da Juniper Networks, que continua inovando para que seus produtos e soluções ajudem os prestadores de serviços e empresas a gerar receitas com mais regularidade.

Claus Troppmair é gerente geral da Juniper Networks Brasil

 


Tags: Mercado, Tendência, Tecnologia, SDN/NFV, Junos, MX Series, Software, Hardware, TCO, Inovação, Aplicação


Tags: mercado, tendencia, tecnologia, sdn-nfv, junos, mx-series, software, hardware, tco, inovacao, aplicacao


Posts Relacionados


Deixe seu comentário:

=