Os múltiplos benefícios dos roteadores e firewalls virtuais

Publicado em Virtualização, por Juniper em 06/07/2015



* Por Rogerio Munuera

As mais recentes soluções de virtualização da Juniper Networks foram mostradas no WRNP - Workshop da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa realizado, recentemente, em Vitória, ES. O evento, promovido anualmente pela RNP, é dedicado a aplicações avançadas e redes acadêmicas de alto desempenho. Em conjunto com a Binário, levamos para o workshop o recém-lançado Roteador Virtual MX (vMX), além do Firewall Virtual SRX (vSRX).

Com todas as funções do tradicional roteador MX, a versão virtualizada e otimizada para plataforma x86 permite ao cliente lançar aplicações com um melhor time-to-marketing. Enquanto a logística e instalação em hardware físico demoram dias, a implantação de um roteador virtual pode ser feita em minutos. Isso permite ao cliente acelerar a criação, testes e implantação de serviços rapidamente.

A Juniper entende que esta solução virtual é indicada para ambientes que necessitam de flexibilidade. A exemplo das aplicações de CPEs virtuais, laboratórios para testes destinados à qualificação e validação de aplicações NFV (Network Functions Virtualization) ou cloud. No caso de cloud, a virtualização é a tecnologia preferida porque os provedores de cloud já adotam soluções virtualizadas na maioria de suas aplicações internas.

Com o vMX, as redes físicas e virtuais podem ser combinadas e seus benefícios ampliados, criando um ambiente comum para a operação dos roteadores virtuais e físicos e permitindo que os investimentos em rede sejam realizados em função do crescimento da receita.

Uma outra vantagem da plataforma de roteamento MX, seja física ou virtual, é que ela é programável. Com isso, a evolução para SDN (Software Defined Network), a mais forte tendência do mercado de tecnologia atualmente, torna-se muito mais simples. SDN nada mais é do que o controle e orquestração dos elementos de rede por um “cérebro” central e se dá por meio de comandos e códigos de programação. Os roteadores MX da Juniper estão à frente do mercado sob o ponto de vista de implantação de SDN, pois eles já são programáveis desde seu lançamento, em 2007.

O Virtual SRX, também apresentado, é o produto de segurança para ambientes virtualizados e tem as mesmas vantagens que o vMX porque também pode ser colocado numa plataforma x86, fazendo com que o tempo de ativação de um firewall seja muito baixo.

A RNP já usa a tecnologia MX em seu backbone nacional, que tem 27 PoPs – pontos de presença, um em cada unidade da federação, além de ramificações para atender mais de 1.200 campi e unidades de instituições de ensino em todo o país.

Quer sabe mais sobre o assunto? Envie uma mensagem.

* Rogerio Munuera é gerente de vendas da Juniper Networks

 


Tags: RNP, Roteador, Firewall, Segurança, Cloud, SDN, vMX, vSRF, NFV, Virtualização, Redes Acadêmicas, Servidor


Tags: rnp, roteador, firewall, seguranca, cloud, sdn, vmx, vsrf, nfv, virtualizacao, redes-academicas, servidor


Posts Relacionados


Deixe seu comentário:

=