Juniper simplifica resposta a ameaças com Plataforma Unificada de Cibersegurança

Publicado em Segurança, por Redação em 04/06/2018


Funcionalidades, melhorias e integração entre as camadas de proteção permitem uma segurança automatizada, adaptável e simplificada, para mitigar ameaças ao longo de toda a rede, nos data centers, end points e em múltiplas nuvens.

 

Mais uma série de inovações foi incorporada na Plataforma Unificada de Cibersegurança da Juniper Networks, baseada em SDSN (Rede Segura Definida por Software), que ajuda as organizações a se proteger de ameaças dinâmicas, com uma solução que rapidamente se adapta às táticas do cibercrime, capacitando as equipes a interromper um ataque no início do ciclo da vida da ameaça. As novas funcionalidades simplificam as operações de segurança, acelerando o tempo para detecção e orquestrando a mitigação. A partir da combinação da plataforma líder de proteção a ameaças avançadas, Sky ATP, dos firewalls da série SRX e da ferramenta de gerenciamento e automação de execução de políticas do Security Director Policy Enforcer, os clientes Juniper ganham produtividade e uma postura de segurança mais forte em redes corporativas e cargas de trabalho em nuvem, seja na AWS, no Azure, no Google Cloud ou em data centers privados.

 

As novidades da Plataforma Unificada de Cibersegurança representam um aprofundamento da visão da Juniper Networks de conjugar de forma aberta e automatizada todos os recursos em uma malha de SDSN, para garantir um modelo eficaz de segurança, e efetivamente executado em todos os pontos. Dentre os novos benefícios aos clientes, podem-se destacar:

 

Visão consolidada do histórico de comportamento de ameaças com bloqueio in-line integrado: para fornecer às equipes de segurança uma visão simplificada e abrangente das ameaças e permitir a mitigação imediata, os firewalls de nova geração da série SRX agora interagem diretamente com o appliance ATP (Advanced Threat Prevention). Essa integração permite a agregação e correlação de eventos de segurança de várias fontes e tempos de ocorrência, da Juniper e de terceiros, em uma visualização consolidada de todas as ameaças na rede, resultando em uma defesa rápida e proativa contra ameaças conhecidas e desconhecidas. As equipes de segurança podem priorizar alertas críticos e mitigar as ameaças com apenas um clique.

 

Detecção adaptativa e aplicação automatizada de contramedidas a ameaças avançadas: ampliando a abordagem de usar toda a rede para aplicação de segurança, o Juniper ATP Appliance está trazendo sua análise integrada de comportamento de ameaças e mitigação em um toque para o Junos Space® Security Director Policy Enforcer, oferecendo uma visão unificada do comportamento de ameaças em toda a malha de segurança para correção estendida. Essa integração permite a detecção responsiva de malware, com aplicação de políticas automatizadas para obter uma segurança substancialmente reforçada em redes e ambientes de nuvem.

 

Estendendo a proteção à carga de trabalho na nuvem: O Security Director Policy Enforcer agora está integrado ao Amazon Web Services (AWS). A Juniper amplia a segurança em ambientes multicloud, protegendo cargas de trabalho em nuvens privadas virtuais (VPCs) da AWS.

 

Compartilhando conhecimento especializado do cenário de ameaças: a Juniper reafirma seu comprometimento com uma abordagem aberta e integrada da segurança cibernética, ao ingressar na Cyber Threat Alliance (CTA), uma organização que reúne as maiores indústrias de cibersegurança para colaborar na proteção aos ecossistemas digitais globais através do compartilhamento de informações sobre ameaças cibernéticas.

 

“A Juniper tem um compromisso de longa data com uma abordagem aberta e unificada à segurança cibernética, que ajuda os clientes a automatizar, adaptar e simplificar a segurança de sua rede. Essa abordagem é reforçada por nosso recente ingresso na Cyber Threat Alliance, à medida que continuamos a dar passos largos rumo ao compartilhamento e colaboração verdadeiramente abertos contra ameaças, para manter as redes de nossos clientes seguras”, diz Bikash Koley, Chief Technology Officer ( CTO) da Juniper Networks.

 

“Como uma organização global com uma história de inovação no setor de segurança cibernética, a Juniper Networks trará dados valiosos para a plataforma da Cyber Threat Alliance e, portanto, aumentará e diversificará a inteligência de todos os nossos membros e seus clientes em todo o mundo”, afirma Michael Daniel, Presidente e CEO da CTA.”

 

“A indústria está enfrentando um cenário de ameaças persistente e diversificado, e os ataques são lançados 24x7”, constata Sherry Ryan, CISO e vice-presidente de TI da Juniper Networks. “A Cyber Threat Alliance nos dá a vantagem da colaboração, ao unir recursos e informações À medida que olhamos para o futuro da segurança cibernética, as ameaças e os vetores de ataque só continuarão a crescer, o que torna ainda mais crítico trabalhar em conjunto para proteger nossos clientes do inesperado. Acreditamos que, coletivamente, poderemos fazer mais para prevenir e mitigar os ataques de alta gravidade que vemos com frequência, bem como os que ainda estão por vir”, acrescenta.

 

Saiba mais sobre a ingresso na Cyber Threat Alliance


Posts Relacionados


Deixe seu comentário:

=