BYOD exige redes empresariais dinâmicas

Publicado em Artigos, por Juniper em 30/07/2016


O Bring Your Own Device (BYOD ou traga o seu próprio dispositivo) é um conceito que permite aos funcionários utilizar no trabalho os mesmos dispositivos móveis que usam em sua vida pessoal, como telefones inteligentes, tablets ou notebooks. É fato que esta tendência chegou para ficar.

Para as empresas, a questão não é apenas quando elas irão adotar o BYOD. Isso porque a sua implementação envolve importantes desafios para o departamento de TI e ignorá-los pode ter várias consequências, que vão desde o impacto na produtividade até a perda de dados ou o filtro de informação confidencial.
 

A segurança está entre esses desafios. Cada conexão de um equipamento pessoal à rede corporativa é um risco de propagação de malware, especialmente quando se considera que a maioria dos usuários emprega seus equipamentos para ter acesso a redes sociais, assim como a sites potencialmente perigosos. Portanto, é preciso fortalecer as políticas de segurança e delimitar de forma eficaz os serviços e conteúdos que os usuários poderão acessar na rede corporativa.
 

Também é preciso levar em conta a capacidade e complexidade da rede. É indispensável prever que a infraestrutura de rede deverá suportar o tráfego de mais de um equipamento por empregado. Atualmente, a relação é de três dispositivos por usuário, mas esse número aumentará rapidamente. Os equipamentos pessoais têm capacidades de videoconferência de alta definição e chamadas de voz via Internet, o que aumentará notavelmente os requisitos de banda larga.
 

Outra questão é a da disponibilidade. Ao ter funcionários que podem trabalhar com seus equipamentos móveis em serviços e aplicações na nuvem, a produtividade aumenta, mas também é preciso ter uma disponibilidade de 24x7.
 

Assim, os administradores de TI precisam ter ferramentas capazes de responder às necessidades de capacidade e segurança que os novos ambientes exigem, como autoprovisionamento; acesso à rede baseado em identidade, perfil, dispositivo e função de cada usuário; visibilidade e gerenciamento unificado de redes cabeadas e sem fio; e gestão de ameaças dia zero, além de equipamentos e software de alto desempenho e escalabilidade, garantindo uma simples administração da rede.
 

Os switches da Serie EX da Juniper Networks são uma grande alternativa para melhorar o desempenho das redes, pois, com sua tecnologia de virtual chassis, reduzem o número de equipamentos com e sem fio para administração e automação. Assim como o Junos Space Network Director assegura visibilidade e gestão da infraestrutura de switches para facilitar o crescimento da rede e a criação de novos serviços.


Outro aspecto importante para as empresas considerarem é a possibilidade de implementar soluções de diferentes fabricantes, com a finalidade de alcançar um ambiente robusto, seguro e escalável. Os switches Serie EX são baseados em padrões abertos e podem interagir com dispositivos e aplicações de terceiros para criar uma solução BYOD completa, ajudando as empresas a reduzir seus custos de TI, desenvolver novas formas de trabalho, ampliar a sua produtividade e aumentar a satisfação de seus clientes.
 

 


Tags: BYOD, Redes, Segurança, Switches, Chassis Virtual, TI, automação, Série EX, Junos Space Network Director, VPN


Tags: byod, redes, seguranca, switches, chassis-virtual, ti, automacao, serie-ex, junos-space-network-director, vpn


Posts Relacionados


Deixe seu comentário:

=